MA 2nd year

Here we are again.
This time i’m going to try write in English (maybe not everytime…).

The MA has started and i’m very anxious about the final major project.
The selection of “the theme” that we really want to embrace for this final task it’s not an easy choice.
Choosing something that we really like, that we really want to know more about, and that we are “sure” that we are going to “love it” till the last minute of work.
It will be hard but hopefully, it will be a pleasant “finish” on my educational journey.

Good luck for all…

Advertisements

Um ponto a acrescentar…

Fiz um bom teste aos biscoitos:

Foi comprada por mim uma caixa de 2,70€ com um exemplar de cada biscoito que é vendido na padaria.
Comprei essa caixa há uma semana atrás e já os utilizei para tudo e mais alguma coisa (só ainda não os comi e já passou a possibilidade disso)…andaram comigo para trás e para a frente, apanharam sol e andaram aos tombos na caixa, e hoje ainda estão como novos e cheiram maravilhosamente bem.
Um bom teste para perceber até que ponto eles se aguentam bem expostos na vitrina.

Biscoitos. Fotografias. Montagem

Utilizando agora o slogan da padaria ribeiro e modificando-o para:

“Padaria Ribeiro / Onde(ou Aqui) a / Tradição / Ainda é / O que era”

Comecei por fotografar todos os biscoitos individualmente, para poder realizar uma montagem no computador que me fizesse perceber o aspecto final que este tipo de tipografia poderia ter na vitrina e que assim também percebesse que quantidade de biscoitos iria utilizar na composição e que tipos de biscoitos utilizaria.
Os biscoitos mais esguios são aqueles que se tornam mais fáceis na criação de uma tipografia mais rectilínea, os redondos trazem alguns problemas na construção de uma tipografia coerente.
Não quero de forma alguma que apenas se destaquem algumas das letras da composição, quero que tudo se destaque como um todo.

Pensei na possibilidade de o nome Padaria Ribeiro no topo da vitrina poderá ser realizado com um só tipo de biscoito de forma mais caligráfica utilizando este tipo:

Para todo o resto da frase seria utilizada um fundo preto com a montagem utilizando apenas biscoitos, uma variedade deles para criar letras rectilíneas que acabam por ocupar bem o espaço entre prateleiras e que acaba por ficar agradável á vista.

O fundo negro acabou por ser inspirado nas Lousas (pequenas) que a própria padaria ribeiro utiliza para escrever nelas o nome de cada doce/especialidade/ mas especialmente para identificar os biscoitos.

Esta foi então a montagem tipográfica:

 

Montagem feita com o tamanho real dos biscoitos e do espaço que posso utilizar para a composição (montagem em computador). Necessita de alguns ajustes, mas sinto que pode estar num bom caminho.

Hoje brinquei um pouco com uma composição em padrão apenas como possibilidade de brincar com as formas típicas dos biscoitos, mas por ser feito ao tamanho real o ficheiro demora imenso a responder acabando por ser uma experiência um pouco demorada no computador.

Este seria então um pequeno olhar sobre aquilo que poderá ser a montagem na própria vitrina:


O nome Padaria Ribeiro aparece ainda em modo digital uma vez que terei que mandar fazer as letras na própria fábrica da padaria em ermesinde esta semana. O nome não seria curvado mas sendo caligráfico faria talvez sentido que utilizasse o mesmo tipo de tipografia (desenho) do logótipo original da padaria.

Surgiu a possibilidade de utilizar apenas os espaços entre prateleiras, mas na montagem não me agradou aquele espaço vazio no topo, sendo que talvez fizesse mais sentido desta forma.

Se  a possibilidade de utilizar o nome no topo mais caligráfico não fizer muito sentido, há a possibilidade de utilizar o nome “Padaria Ribeiro” da mesma forma que o resto do texto foi construido.

Penso que ainda terá alguns ajustes, mas começo a gostar da forma que está a tomar.
Hoje escolhi dosi tipos de materiais que poderão ser utilizados como fundo preto, são económicos e leves e fáceis de transportar, mas verei então com os professores quais as melhores opções.

Continua….

Pensar no Orçamento…

As minhas ideias iniciais e aquelas em que me foquei logo de inicio foram a ideia da família de biscoitos utilizando molduras antigas que transmitissem uma ideia de tradição e de ambiente acolhedor de casa (familiar).

A Segunda ideia seria a de utilizar os próprios biscoitos da padaria Ribeiro como elemento principal para criar tipografia escrevendo o slogan da própria padaria, ou o slogan criado por mim no workshop:

Padaria: “A Tradição ainda é o que era” ( slogan que está presente em alguns pontos da loja e que é utilizado para dar ainda mais ênfase ao facto desta casa ser tradicional uma vez que tudo é confeccionado como antigamente_o tradicional trazido para o presente)

Este slogan agrada-me bastante, penso que transmite o conceito da Padaria numa só frase, simples e directa.

Workshop slogan:

“Padaria Ribeiro, Biscoitos o dia inteiro” (Focando-me no tema dos biscoitos e querendo brincar com as rimas, admito que esta foi a primeira frase que me surgiu num tom quase de brincadeira…mas que acaba por se tornar numa verdade )

“Tradicional e Caseiro é na Padaria Ribeiro” (Este sem dúvida agradou-me mais, é menos irónico, mais directo, mais simples, soa melhor …digamos…)

Este é um projecto em que, não só temos que pensar na interactividade (se o posso chamar assim) com o público, mas também um ponto importante é o orçamento.

Isto levantou uns problemas.
Depois de uma corrida ao porto de cima a baixo, depois de percorridas várias associações, farrapeiros, lojas de antiguidades e até lojas com molduras novas a imitar as antigas um sentimento de desilusão acabou por me fazer repensar de novo no projecto.
Comecei a ficar bastante ansiosa porque as coisas não estavam a correr como queria.
As molduras antigas foam dificílimas de encontrar, e as que encontrava tornavam-se muito dispendiosas, de 15 euros para cima sempre, e a grande maioria até bem mais que isso.

É um facto que nunca imaginei que fosse tão díficil encontrar este tipo de molduras…molduras trabalhadas, antigas, bastante ornamentadas e que trouxessem ainda mais vida à montra.

Sendo um orçamento de 80 euros e tendo por isso 19 biscoitos que necessitariam de uma moldura individual que se adaptasse ao tamanho real do mesmo e que coubesse nas prateleiras + papel de parede antigo + panos rendados (para criar um ambiente antigo e familiar) decidi neste ponto abandonar esta ideia.

Enquanto fazia uma montagem no computador utilizando as imagens dos biscoitos e uma imagem de umas molduras antigas que encontrei na net apercebi-me também que a própria moldura acabava por atrair toda a atenção para ela mesmo, fazendo com que o biscoito de certa forma se perdesse no meio, acabando por tirar assim protagonismo às peças fundamentais da montra_os biscoitos!

Parti assim para os biscoitos como peça fundamental e principal da vitrina.
Venha ela…!!

OBJECTOS. CRIAÇÃO DE AMBIENTES

Criação de ambientes ? Narrativa? Objectos? Composição?

Todos estes tópicos fariam parte daquilo que penso ser fundamental para a construção desta vitrina com o tema de tradição e o uso dos biscoitos fotografados e colocados em molduras antigas.

Ambiente familiar, acolhedor…

A hora do chá, a mesa do chá. Delicie-se com uns biscoitos acompanhados por um cházinho…

Quando penso em biscoitos penso nisto, em regalar-me no sofá a beber um cházinho e a devorá-los um a um…

Penso também em algo que a minha mãe costuma fazer quando vêm alguém de fora depois de jantar a nossa casa: servir um cházinho bem quentinho no serviço que era da minha avó dispondo os biscoitos e bolachas de forma apelativa e organizada numa travessinha.

Serviço de chá ( antigo) _se houver a possibilidade de usar um que tenha cá em casa seria óptimo…mas não sei se me será permitido.

Cestas + Frascos  (objectos que teria facilmente da própria padaria)

Napron de papel (que a própria padaria ribeiro ainda usa nas tartes e bolos)
Gosto do aspecto rendilhado do napron

Paninhos rendados, para cobrir as prateleiras e as lâmpadas, criando um ambiente mais acolhedor e tradicional, tapando o metal.

Para painel de fundo pensou-se então em cobri-lo com papel de parede (antigo)

A minha tia, há uns meses forrou uns cadernos com papel de parede antigo que comprou barato numa feira de antiguidades da qual faz parte, o resultado foi espectacular e por esse motivo penso ser possível arranjar papel de parede antigo. Este serviria para dar mais ambiente e características ao espaço e cobrir o fundo, realçando as partes fundamentais da composição e retirando alguns dos reflexos que prejudicam o visionamento (exterior) da montra.

Utilizar um pano rendado para cobrir as prateleiras e as lâmpadas, parece-me uma boa ideia.

SHELVES

Sendo o espaço onde vou trabalhar condicionado pela existência de prateleiras fixas (4), terei que arranjar uma forma de trabalhar com elas, tirar partido das mesmas e fazer de tudo para que a composição fique bem e funcione.

Aqui deixo alguma da pesquisa que fiz sobre composições e narrativas utilizando prateleiras.

 

Numa das aulas de projecto, onde falamos das primeiras ideias, em conversa com os professores, pensamos também na possibilidade de utilizar a  ideia inicial das molduras antigas, com a fotografia dos biscoitos criando também um ambiente familiar e tradicional, acabando por si só, se tornar numa narrativa.  Fazer então de cada biscoito, um elemento fundamental da família.

Está mais que decidido que os biscoitos serão a peça fundamental desta vitrina, mas utilizá-los como?

Estas duas ideas, tanto a do post anterior como a de agora me agradam bastante, mas esta última trás com ela alguns problemas também.

Para criar esse ambiente familiar/tradicional, seria preciso algo mais que os simples biscoitos e molduras, teria que encontrar elementos (como nos exemplos de pesquisa) que criem dinamismo, que atraiam e que contem uma história.

A criação de um ambiente, de um tema é por si só uma ideia que me pode levar a diversos caminhos.

(a prateleira)

Faltam aqui algumas medidas:

Distância entre prateleiras, distância das prateleiras em relação ao vidro exterior e interior.

A montra contém duas portas interiores de vidro de correr, que estão presas e correm numa calha de ferro.
Não me pareceram muito abertos à ideia de cobrir o fundo da vitrina (talvez pela entrada de luz), mas penso que devo pensar no projecto, tal como penso/sinto que ele vai funcionar e depois então tentar convencer o cliente de que de facto funciona e é uma mais valia para este projecto e para a própria composição da montra.

BISCUIT TYPOGRAPHY

(algumas imagens de pesquisa)

Tendo um primeiro contacto com o gerente há duas semanas atrás ( que se mostrou muito receptivo e simpático e pronto a conversar) e observando aquilo que é o espaço, é impossivel que uma das primeiras ideias não surja baseada no uso dos próprios biscoitos para a concretização de uma tipografia.

A frase de slogan da própria padaria é : ” A tradição ainda é o que era”

Parace-me que a poderia usar, mas desta vez seria escrita em biscoitos em tamanho grande.

Mas aí se levanta a dificuldade de concretização e de experimentação.
Para experimentar uma tipografia teria talvez que enviar um desenho do que quero para a padaria ribeiro que depois encaminharia para Ermesinde onde se faz a produção das massas dos biscoitos/bolos/doces …isto demoraria algum tempo a vir…para não falar do custo que teria apenas para experimentar…
Será que é uma opção viável?